Preço dos imóveis no bairro aumentou 12,6% em um ano

De acordo com o relatório mensal do Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, o preço do metro quadrado em Batel está em torno de R$ 9.611,00. O valor é quase o dobro do registrado na capital paranaense, onde o metro quadrado custa R$ 4.932,00. Dessa forma, para comprar um apartamento padrão (65m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem) em Curitiba é preciso de R$ 320.450,00, 0,6% a mais do que em setembro.

Em 2020, o preço médio dos imóveis em Curitiba acumula uma alta de 3,5%. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de 4,1%. Entre outubro de 2019 e outubro de 2020, os bairros que mais se desvalorizaram foram São João (R$ 4.287/m²), Butiatuvinha (R$ 4.296//m²) e Bom Retiro (R$ 5.350), com queda de 11%, 7,9% e 5%.

Já os que mais se valorizaram foram Capão da Imbuia (R$ 4.672/m²), Pilarzinho (R$ 4.672/m²) e Tarumã (R$ 5.443/m²), onde os preços aumentaram 19,5%, 17,5% e 15%.

A tabela abaixo mostra onde o metro quadrado é mais caro e mais barato em Curitiba:

Mais baratos (m²)

Variação mensal

Variação Anual

Cachoeira (Boa Vista)

R$ 2.820

0,7%

1,1%

Augusta (Cidade Industrial de Curitiba)

R$ 2.886

0,4%

-0,7%

Campo de Santana (Pinheirinho)

R$ 2.939

Estabilidade

4,2%

Mais caros (m²)

Variação mensal

Variação Anual

Juvevê (Matriz)

R$ 8.379

0,3%

11,6%

Campina do Siqueira (Matriz)

R$ 8.401

1,9%

6,7%

Batel (Matriz)

R$ 9.611

0,2%

12,6%

Aluguel acumula alta de 4,3% em um ano em Curitiba

O relatório de outubro do Imovelweb também apontou que para alugar um imóvel padrão em Curitiba é preciso de R$ 1.213 por mês, valor 0,7% a mais do que em setembro. Em 2020, o aluguel subiu 2,0% na cidade e nos últimos 12 meses o crescimento foi de 4,3%.

Entre outubro de 2019 e outubro de 2020, os bairros onde o valor do aluguel mais diminuiu foram Vila Izabel (R$ 1.200/mês), Guara (R$ 995/mês) e Jardim Botânico (R$ 1.200), com queda de 9,4%, 10% e 12,8%.

Já os que mais se valorizaram foram Campo de Santana (R$ 952/mês), Ahu (R$ 1.299/mês) e Santa Cândida (R$ 1.030/mês), com aumento de 17,8%, 17,6% e 17%.

Segundo os dados do Imovelweb, os aluguéis mais baratos e mais caros foram registrados nos bairros abaixo:

Mais baratos (mensal)

Variação mensal

Variação Anual

Tatuquara (Pinheirinho)

R$ 859

-1,6%

Estabilidade

Cachoeira (Boa Vista)

R$ 885

-3,2%

-9,4%

Barreirinha (Boa Vista)

R$ 909

2%

0,8%

Mais caros (mensal)

Variação mensal

Variação Anual

Centro Cívico (Matriz)

R$ 1.877

0,6%

12,4%

Prado Velho (Matriz)

R$ 1.905

2,4%

5,4%

Santo Inácio (Santa Felicidade)

R$ 2.197

6,2%

S/D

De acordo com o índice de rentabilidade do Imovelweb, o aluguel anual está em torno de 4,6% do valor do imóvel. Isso significa que são necessários 21,6 anos de aluguel para recuperar o investimento da compra, tempo 0,5% menor que o registrado em setembro de 2019.

Mais rentáveis 

Variação no mês 

Variação no ano 

Lindia 

6,7% 

Queda 

Alta 

Sítio Cercado

6,5% 

Alta 

Alta 

Tarumã  

6,2% 

Alta 

Alta 

Menos rentáveis 

Variação no mês 

Variação no ano 

Seminário 

2,6% 

Alta 

Queda 

Juvevê 

2,6% 

Estabilidade 

Queda 

Cabral 

2,8% 

Queda 

Queda 

Sobre o Imovelweb:

Com 20 anos de existência, o Imovelweb é um dos maiores portais do mercado imobiliário do Brasil. Referência em Real Estate, com cerca de 200 colaboradores no Brasil, é uma multinacional sólida, de capilaridade nacional e com a maior capacidade de investimento do mercado em plataforma digital. O Imovelweb se destaca em seu mercado por representar o consumidor em todas as suas necessidades e momentos de vida, oferecendo as melhores oportunidades de negócios do setor imobiliário no Brasil. Mais informações em www.imovelweb.com.br.

Informações para Imprensa:
DFREIRE Comunicação e Negócios
Tel.: (11) 5105-7171
Contatos:
Beatriz Silva – beatriz@dfreire.com.br
Debora Freire - debora@dfreire.com.br
Luciana Abritta - lucianaabritta@dfreire.com.br