Vinicius Lima, fundador e CEO do Escala, lista dicas para empresas que querem voltar ao trabalho presencial

De acordo com levantamento feito pelas Secretarias de Saúde dos Estados brasileiros, aproximadamente 35% da população brasileira está totalmente imunizada, apesar dos problemas no início da campanha de vacinação, o Brasil já atingiu mais de 215 milhões de doses aplicadas, contabilizando as duas aplicações e também a vacina de dose única.

Com a vida normal cada vez mais próxima, inclusive com a volta integral do comércio, bares e restaurantes, algumas empresas já pensam em voltar a rotina nos escritórios. Porém, segundo o levantamento feito pela Salesforce, 52% dos profissionais estão dispostos a trocar de emprego para manter o home office.

Por isso, Vinicius Lima, CEO do Escala, HRTech que aumenta a transparência da gestão e agiliza a elaboração de escalas de trabalho, plantões e turnos, separou algumas dicas de como fazer um retorno mais assertivo ao trabalho presencial.

Confira a seguir 3 dicas fundamentais para fazer um bom retorno aos escritórios:

Primeiro de tudo: descubra qual é o melhor modelo de trabalho para sua equipe

Antes de começar a planejar como voltar ao escritório, é necessário pensar se faz sentido para a realidade da sua empresa, afinal, cada equipe tem suas particularidades e necessidades. Por isso, é indispensável que o líder conheça seu time e saiba como mantê-los engajados e produtivos.

Falando propriamente dos modelos de trabalho, atualmente conhecemos 3 principais formas: presencial, home office ou híbrido. Todos eles têm seus prós e contras, enquanto o modelo presencial tem a socialização com os colegas de trabalho e mais agilidade na solução de problemas, o modelo remoto poupa tempo de locomoção até o escritório, além de reduzir os custos para as empresas. Já o híbrido mistura os dois anteriores e tem sido muito pensado para empresas que não tem necessidade de ter todos os colaboradores reunidos todos os dias, além de ser uma ótima forma de experimentar e escolher a melhor solução para seu negócio.

Antes de tudo: atente-se na organização do espaço físico

Algumas empresas passaram por redução ou ampliação no quadro de funcionários, então cabe aos gestores e líderes se perguntarem: o escritório que usávamos antes da pandemia ainda é adequado para nossa realidade atual? Tanto as empresas que diminuíram o número de colaboradores quanto as que aumentaram possuem um aliado em comum: a tecnologia.

Nos últimos meses alguns softwares surgiram justamente para auxiliar nesse momento de reconstrução de dinâmicas empresariais. É o caso, por exemplo, do Escala Espaços, uma ferramenta para gerir posições e locais de trabalho flexíveis que chega para ajudar empresas que querem adotar modelo híbrido de trabalho. Uma tendência crescente que é possível de observar são os espaços ganhando poder de alocar múltiplos times, as mesas dos escritórios não sendo mais ocupadas apenas por uma pessoa e até mesmo as empresas que não trabalhavam com escala de funcionários tendo que organizar quando cada colaborador vai ao escritório e quando trabalha remotamente.

Estou pronto para voltar, e agora? Siga o protocolo de segurança à risca

Apesar da vacinação estar em um estágio avançado, os cuidados não podem ser reduzidos, pois o imunizante não impede o contágio e é vital que todos os protocolos de segurança sejam seguidos à risca para que a saúde de ninguém seja comprometida. Portanto, fique atento a cuidados como a exigência do uso de máscaras por todos os profissionais, a higienização frequente do ambiente, disponibilizando álcool em gel nos postos de trabalho e também incentivando os colaboradores a seguirem esse protocolo. Uma dica importante também é redobrar o cuidado com a limpeza dos sistemas de ventilação do escritório, assim como a manutenção do ar condicionado.