Empresa investe em inovação no atendimento para impulsionar presença no cenário nacional

A Diebold Nixdorf, líder mundial em impulsionar e conectar o comércio para indústria financeira e de varejo, anuncia seus resultados globais para 2020, com destaque para o crescimento de dois dígitos da operação no Brasil. Apesar dos impactos da pandemia, a empresa ampliou sua participação de mercado de soluções de automação bancária, consolidando sua posição de liderança como parceiro estratégico para o segmento financeiro no País. Para 2021, a empresa anuncia a meta mundial de gerar US$ 500 milhões de lucro (margem EBTIDA) e US$ 4,1 bilhões em faturamento.

“Mesmo com todos os desafios que vivemos no último ano, a Diebold Nixdorf seguiu seu compromisso de inovação e cuidado com as pessoas. Isso é o que nos permitiu crescer de forma sólida e sustentável”, diz Elias Rogério da Silva, Presidente da Diebold Nixdorf no Brasil. “Sabíamos que a resiliência de nossa empresa seria essencial para apoiar nossos colaboradores, as comunidades que estão a nosso redor e, ainda, para manter o mercado funcionando. Hoje, nossa tecnologia de recicladores de ATMs é utilizada por oito de cada dez caixas eletrônicos do Brasil (80% de participação de mercado). Isso nos motiva a seguir trabalhando para oferecer o melhor”, diz.

Segundo o executivo, a alta de dois dígitos no faturamento local é resultado direto da grande expansão do portfólio de produtos e serviços para os clientes locais. “Promovemos uma verdadeira revolução nos caixas eletrônicos tradicionais”, avalia o Presidente. Agora, o próprio dinheiro depositado nos ATMs pode ser usado para saque de outros clientes.

Além disso, a companhia trouxe novas soluções para apoiar as ações de varejo, com o avanço da oferta de software para gerenciamento dos recebíveis e de soluções de autoatendimento (self-checkout), estendendo a atuação da empresa dentro da gestão dos pontos de venda.

Como resultado, o bom desempenho brasileiro é destaque na matriz da companhia, que também registrou resultados positivos internacionalmente. No quarto trimestre de 2020, a Diebold Nixdorf registrou US$ 1,1 bilhão em vendas, uma alta também de dois dígitos se comparado ao mesmo período do ano anterior. No total, o acumulado geral registrado em 2020 atingiu a marca de US$ 3,9 bilhões.

“Apresentamos resultados sólidos no quarto trimestre, com crescimento nos lucros e bons resultados nas entregas aos nossos clientes”, afirma Gerrard Schmid, Presidente Global e CEO da Diebold Nixdorf. “Apesar de estarmos hoje em um ambiente desafiador, nosso rigor operacional e a força de nossas equipes nos dão a confiança para construir, com sucesso, a base que estabelecemos”, diz o executivo, reiterando a resiliência e disciplina dos profissionais da empresa como fatores imprescindíveis para a conquista dos bons resultados, mesmo durante as restrições ocasionadas pela pandemia de COVID-19.

“Percorremos um caminho para a criação de valor por meio de eficiências operacionais contínuas e um maior foco na expansão de receita. Somos estimulados pelas oportunidades alavancadas por nossas soluções diferenciadas, serviços gerenciados, autoatendimento para o setor varejista e o software Vynamic™. Além disso, reduzimos significativamente nossos gastos e aumentamos a nossa geração de fluxo de caixa”, diz Elias Rogério da Silva.