Fusion Brasil 2020 começa na próxima segunda-feira, com especialistas do mundo todo para discutir tendências educacionais

Realizado anualmente pela D2L, empresa canadense de software, o Fusion reúne, há mais de 15 anos, especialistas de todo o mundo na América do Norte, responsável pelo que há de novo em tendências educacionais. Convite ao distanciamento social forçado pela pandemia, esse ano, excepcionalmente, a conferência acontece de forma on-line e com versão brasileira. O Fusion Brasil 2020 acontece de 7 a 9 de dezembro, das 12h às 13h45.

"A educação foi um dos setores mais afetados pela pandemia do coronavírus. As instituições de ensino precisaram se reinventar, apostando em tecnologias e mecanismos digitais e, por isso, o tema será destaque no evento" adianta o diretor-geral do Colégio Positivo, Celso Hartmann, um dos palestrantes do Fusion Brasil 2020, que vai apresentar o modelo de ensino híbrido adotado pela instituição durante esse ano atípico.

O Colégio Positivo foi reconhecido pelo modelo de transição para o ensino remoto e apresenta o case de sucesso na segunda-feira, 7 às 13h. Segundo Hartmann, o Colégio Positivo investiu R $ 600 mil entre uma nova plataforma para disponibilização de aulas, novas ferramentas para transmissão de aulas ao vivo e estúdios para gravação de aulas. “Foi uma mudança abrupta. Sem uma plataforma para chegarmos ao aluno, não teríamos conseguido levar educação de qualidade ”, pontua. De acordo com o diretor, a modernidade do projeto une a aula assíncrona (gravada) com a aula síncrona (ao vivo)."Assim, o estudante precisa pesquisar, acessar vídeos, ler textos e responder questionários. Isso levou um progresso para os alunos, pois eles não ficavam simplesmente assistindo passivamente ao que o professor fala. Por isso,

As inscrições para o Fusion Brasil 2020 são gratuitas e podem ser realizadas em https://bit.ly/FusionBrasil .