Especialista do setor revela que as conexões e trocas dependem não somente dos participantes, mas também das soluções oferecidas pelas empresas organizadoras dos eventos no universo corporativo

O networking é um termo muito conhecido no mundo corporativo. Antes da pandemia, os eventos físicos eram os locais perfeitos para cultivar relações profissionais. Agora, com a transformação digital do setor, é possível manter essa atividade nos encontros online por meio de ferramentas tecnológicas.

Segundo Alexandre Rodrigues, CEO e cofundador da Evnts - startup que usa tecnologia para realização e gestão de eventos corporativos e digitais de ponta a ponta - o maior aproveitamento das relações que podem ser criadas durante um encontro online depende tanto da vontade do participante em interagir quanto da organização do evento, que deve incentivar as interações com ações e tecnologia. “Muitos eventos já possuem espaços pensados para o networking, por exemplo coffee breaks digitais e salas de matchmaking, que são ótimos momentos para fazer contatos e trocar informações relevantes. Com uma plataforma tecnológica de qualidade é possível não apenas gerar uma excelente experiência para o público que está assistindo determinado evento, mas também proporcionar conexões positivas para profissionais e empresas”, afirma o executivo.

Recentemente, a Evnts promoveu um encontro digital cujo propósito era exatamente promover trocas em diversos níveis, tendo como grande foco a possibilidade de networking durante todo o evento. “O ‘Conexão Evnts’, como foi chamado, cumpriu o seu propósito: gerar conexões. Isso porque usamos a tecnologia para incentivar essas trocas entre as pessoas. Aproveitamos o evento para lançar uma nova funcionalidade de networking, o chat privado durante a live, por meio do qual os participantes puderam conversar diretamente e se conectar, tendo à sua disposição alguns dados como nome, cargo e empresa de quem estava online. Também disponibilizamos uma sala de networking para os participantes, convidando-os juntamente com os speakers, ao final de cada painel, a continuar o bate-papo por lá”, conta Alexandre.

Se por um lado as empresas precisam oferecer tecnologias eficazes para o networking, do outro os participantes devem se atentar para alguns pontos. É válido, por exemplo, usar um e-mail profissional no momento da inscrição em um evento, disponibilizar site, perfil de portfólio e/ou interesses e até mesmo telefone para troca de mensagens caso seja de seu interesse. Também é importante usar uma foto de perfil mais profissional no WhatsApp e utilizar as redes sociais, que são ótimas ferramentas para confirmação de convites e divulgação sobre a participação em determinado evento online. Além disso, nas ocasiões em que são permitidas interações do público com câmera aberta, é importante que o participante se apresente de forma profissional, com trajes e cenários compatíveis ao ambiente corporativo – ainda que esteja em home office.

Para o CEO da Evnts, o networking é uma prática que se cultiva. “Participar ativamente de eventos pode destacar um profissional em sua área, principalmente quando os momentos de interação são aproveitados corretamente, com levantamento de assuntos relevantes e de interesse geral daquele público”, conclui.

Sobre a Evnts
A Evnts é uma startup de tecnologia que permite aos seus clientes a realização e gestão de eventos corporativos digitais de ponta a ponta. Com foco em engajamento e resultados, a plataforma oferece dashboards completos, customizáveis e integrados, hotsites, salas simultâneas, chats com possibilidade de moderação, pesquisas de satisfação, certificados aos participantes e muito mais.
Por mês, mais de 300 eventos digitais são feitos por meio da Evnts. O destaque da ferramenta vem da autonomia que ela oferece aos gestores e organizadores de eventos, que conseguem criar, gerenciar e ver todos os resultados deles em um só lugar. A Evnts é a plataforma utilizada por centenas das maiores empresas do país. Mais informações em: http://evnts.com.br