Iniciativa da Vale com a Semente Negócios estimula a criação e desenvolvimento de projetos inovadores e com impacto socioambiental positivo

A primeira etapa do Projeto Horizonte, iniciativa que busca contribuir para a diversificação econômica e geração de emprego em áreas de atuação da Vale em Minas Gerais (MG), chegou ao final. Com mais de 437 projetos inscritos, 105 chegaram à fase final da maratona, dos quais 78 seguirão para a fase de pré-aceleração.

Promovido pela Vale, em parceria com a empresa de educação empreendedora Semente Negócios, o projeto tem como objetivo estimular a criação e desenvolvimento de negócios inovadores. Para isso, as empresas convidaram empreendedores das regiões de Itabirito, Barão de Cocais, Macacos, Antônio Pereira, Engenheiro Correia e quatro territórios de Santa Bárbara (André do Mato Dentro, Barra Feliz, Brumal e Cruz dos Peixotos) para encontrarem soluções inovadoras aos problemas enfrentados pelas comunidades.

“Nosso objetivo, ao financiar o projeto, é gerar oportunidades de melhoria das condições de vida dessas populações. Entendemos que na medida em que se capacitam, poderão gerar mais negócios, renda para suas famílias e ampliar o mercado de trabalho de suas comunidades”, analisa Flávia Soares, gerente de fomento econômico da Vale.

Ao total, foram mais de 1200 pessoas entre os diretamente capacitados e os que se beneficiaram dos conteúdos da Maratona Empreendedora. As equipes inscreveram projetos em quatro frentes: Soluções para Cidades Sustentáveis e Economia Circular, que recebeu 169 inscrições, seguido por Desenvolvimento rural e turismo ecológico (120), Inclusão digital, educação e infraestrutura (82) e 66 projetos para Saúde comunitária e tecnologias para o bem-estar. Todos passaram por oficinas, bate papos com empreendedores, sessões para tirar dúvidas e outras atividades em temas relativos ao empreendedorismo e à inovação. Como resultado, puderam criar ou adaptar seus empreendimentos para um modelo de negócio com propósito.

“Para muitas das pessoas envolvidas, era a primeira vez em um evento no estilo maratona, com capacitações e oportunidade de aprendizagem. Foi um momento de trabalhar a visão de todos em prol da inovação com propósito”, comenta Ellen Carbonari, sócia diretora da Semente Negócios.

Quanto aos territórios, Barão de Cocais foi o que mais teve participantes, com 131 projetos inscritos, seguido por Macacos, com 104, Itabirito (90), Antônio Pereira (86), Santa Bárbara (14) e Engenheiro Correia (12).

A próxima etapa, de pré-aceleração, acontecerá entre maio e setembro, e contará com 78 projetos, escolhidos entre os 105 concluintes da Maratona Empreendedora por um time de especialistas da Semente Negócios. Os selecionados serão anunciados no site do Projeto Horizonte até o dia 3 de maio e terão assessoria técnica, oficinas quinzenais e mentorias para testar e validar seus negócios. No final dessa etapa, serão selecionados os 39 projetos com mais destaque para a fase de aceleração, que acontece de outubro de 2021 a outubro de 2022.