Os fantasy games estão cada dia mais populares entre os fãs de esportes. Segundo pesquisa realizada pela TechNavio, empresa focada em estudos de mercados globais e novas tecnologias, esse nicho chegará ao valor de 5,3 bilhões de dólares até 2025. A modalidade consiste em montar uma escalação com jogadores de times reais e, se esses atletas performarem bem nas partidas, consequentemente ocorre a marcação de pontos.

No entanto, se dar bem e levar os prêmios para casa não é tão simples assim. Para garantir um bom desempenho, é necessário um conhecimento prévio do cenário em que está disputando.
Diferentemente dos concorrentes, a startup Rei do Pitaco é um dos primeiros jogos desse segmento no Brasil que realiza premiações nas ligas esportivas. Com mais de um milhão de usuários, o game já distribuiu mais de R$ 27 milhões em prêmios entre os vencedores.  

Diante deste cenário, confira cinco dicas para quem quer iniciar uma jornada de sucesso nos fantasy games e se tornar um verdadeiro campeão:  

1 - Conhecimento de estatísticas
Sorte em jogos é sempre bom, mas não é garantia para se dar bem nos fantasy games. Ao depender da performance de jogadores na vida real para conseguir boas pontuações, é preciso saber distinguir o momento certo de escalar determinado atleta. É fundamental estudar o desempenho nas últimas rodadas, condicionamento físico e até saber prever situações externas que podem afetar o desempenho, como mando de campo ou até mudanças climáticas.

2 - A história é importante
Por se tratar de um jogo onde os acontecimentos na vida real influenciam na pontuação final, é importante estar atento aos fatores subjetivos que envolvem uma partida de futebol. Rivalidades, confrontos históricos de temporadas passadas, situação atual na tabela, são tópicos que podem trazer mais clareza na hora de montar seu elenco. Partidas que trazem uma grande rivalidade são sempre imprevisíveis, então é bom tomar cuidado.

3 - O amor é cego
Ao escalar o seu time da rodada, ainda mais na disputa para faturar prêmios, é fundamental trabalhar com a razão no lugar da emoção. Escalar muitos jogadores de um time só, em especial do time do coração, às vezes pode trazer resultados frustrantes. As zebras existem nos campeonatos, e se isso acontecer você pode se dar mal. A ideia é ver quem são os favoritos da rodada, e focar suas escolhas neles, diversificar em muitos times também pode ser arriscado.


4 - Audácia também é importante
Jogar com o caderninho de estatísticas debaixo do braço é um diferencial, mas ao disputar com tantos jogadores bons, também é interessante fazer aquele diferencial surpresa. Escolher um jogador que ninguém está escalando e que você acha que pode ir muito bem na rodada pode te trazer boas recompensas no fim da rodadas.

5 - Confie no seu jogo e aprenda sempre
Apesar de todas as dicas, é imprescindível confiar no próprio jogo e nas próprias intuições, além de seguir em constante aprendizado. Aprender com os erros é chegar mais forte para a próxima competição. Bons desempenhos vêm de boas análises e, por que não, de alguns atropelos passados. O essencial é saber reconhecer o que deu errado e seguir em frente.